Avaliações dos vereadores

Estas avaliações não devem ser vistas como uma crítica aos vereadores e sim como incentivos para melhoria de seu desempenho.

O objetivo é que os vereadores aprimorarem seu desempenho e sua atuação como representantes da população de São Paulo.

As avaliações são feitas em ano de eleição.

 

Avaliação da Câmara Municipal referente ao período de 2013 até maio de 2016:

MVC_2016_AVALIACAO_VEREADORES

Candidatos a todos os cargos no Brasil 

Escolha o Estado e conheça os candidatos

 

Avaliação da Câmara Municipal referente ao período de 2010 até junho de 2014:

Dados consolidados

MVC_Eleicao 2014_AVALIACAO_DOS_VEREADORES

Dados dos detalhados

MVC_Eleicao_2014_AVALIACAO_DOS_VEREADORES

 

Candidatos a todos os cargos no Brasil 

Escolha o Estado e conheça os candidatos.

 

Avaliação da Câmara Municipal referente 2009/2012:

Refere-se à 15ª Legislatura 2009 a 2012

Faça download da avaliação

– Veja aqui indicadores de desempenho

As informações são do site da Câmara, com documentos fornecidos por ela e dados colhidos pela observação dos voluntários do Movimento.

Os pesos na planilha servem para dar mais ênfase aos critérios considerados mais importantes.

Os dados se referem ao período iniciado de 2009 até 30 de junho de 2012, exceto os vetos.

Frequência nas Comissões

As presenças foram computadas pelos voluntários do Movimento Voto Consciente. Consideramos todos os períodos de licença dos vereadores, através da informação fornecida pelo site da Câmara, como também as substituições de vereadores por seus colegas de partido. Nas sessões nas quais não houve quórum, os vereadores presentes ganharam presença. Não foram consideradas faltas às sessões quando os presidentes das comissões justificaram as ausências. * Presente quer dizer que participou de toda votação da pauta.

Presença nas Votações Nominais

A presença nos anos 2009 e 2010 foi levantada através documentos fornecidos pela Assessoria Geral Parlamentar. Nos anos 2011 e 2012 os dados são do site da Câmara. Nestes dois últimos anos não conseguimos a informação oficial das licenças dos vereadores no plenário.

Avaliação dos Projetos de Lei

Avaliamos todos os projetos apresentados de 2009 até 30 de junho de 2012 de acordo com o seu impacto na vida da cidade. Os que propunham políticas públicas para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos ou estimular a transparência da administração e a prestação de contas receberam 10 pontos. Os de amplo alcance sobre um setor da administração pública, como saúde, educação e outros, buscando uma regulação mais ou menos ampla deles, receberam 9 pontos. Já os que regulam problemas de uma determinada zona geográfica e que se referem a temas de impacto territorial tiveram 7 pontos. Os projetos feitos para atender demandas e exigências de grupos com características similares ou reunidos em torno de um interesse comum, que pode ser de uma associação, comunitário, reivindicatório, etc., receberam 5 pontos.

Para projetos de menor impacto, demos 3 pontos. Projetos para melhorar a gestão, o funcionamento interno, ou a dinâmica das sessões da Câmara, ou outros projetos menores tiveram 0,5 pontos. Os de homenagem, denominação de logradouros, datas, eventos, etc., chamados por nós de projeto B, não foram considerados. Os projetos vetados totalmente e os rejeitados na Comissão de Constituição e Justiça não tiveram pontuação.
O total de pontos de cada vereador é a soma dos valores dados a cada projeto de lei apresentado nesta legislatura, excluindo-se os projetos de homenagem, eventos, denominações, datas, etc.. A média é obtida dividindo o total de pontos pelo total de projetos de mérito denominados A.

Os pontos dos projetos com mais de um autor foram dados a cada um deles.

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Your data will be safe!Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.